segunda-feira, julho 17, 2006

Os teus olhos...

Apeteceu-me saborear recordações recentes que entraram no baú mas que ainda não atingiram peso histórico.

DEIXA-ME VER-ME NOS TEUS OLHOS REDONDOS

Vejo-me nos teus olhos redondos

E vejo que te vês nos meus

E que vês que eu te vejo

Redonda, nos teus olhos redondos.


Jogo de espelhos paralelos

Onde somos infinito de imagens

E em cada uma a expressão da satisfação

De um amor que também quer ser infinito

Num infinito que é redondo

Porque os teus olhos estão redondos!

6 Comments:

Blogger augustoM said...

Cuidado com tanto ver porque por vzes, E Tudo o Vento Levou.
Um abraço. Augusto

1:54 da tarde  
Anonymous Mariana said...

Bah!

Isto cheira-me a esturro!

Estás apaixonado???

Beijinhos,

12:40 da tarde  
Anonymous Rute said...

Interessante!

10:38 da tarde  
Anonymous Ana Catarina said...

Descrição em forma de poema - muito bonito!

Tens uma forma redonda de escrever.

Beijito

10:03 da tarde  
Blogger A Sonhadora said...

Puxa baúista...tás mesmo com os olhos redondos...redondinhos..
espero que continues assim, gosto de ver as pessoas apaixonadas!!!eheheh

4:12 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Keep up the good work
»

9:13 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home